Seguidores

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Empresa paranaense negociou mais de R$ 50 milhões em ativos com modelo inovador que preza a sustentabilidade

Incentivar a reutilização de bens móveis, diminuindo o espaço utilizado no pátio das empresas com ativos industriais (desde máquinas e veículos até sucatas). Esse é o modelo de negócio inovador idealizado pela Central de Materiais, com sede em Campo Largo (PR). Fundada em 2011, somente no ano passado a empresa administrou a venda de 30 mil toneladas de resíduos para reciclagem que estavam parados. Agora a grande novidade é a abertura do negócio para o sistema de franquias.

“Trabalhamos com multicanais para compra e venda de ativos, atuando desde a avaliação da mercadoria até o acompanhamento do transporte, com total transparência no preço de negociação. Para conseguir a mesma qualidade de atendimento nas várias cidades em que temos clientes, optamos pela abertura de franquias”, explica o fundador da empresa, Marcio Léo Danielewicz. A previsão é abrir 70 unidades de microfranquias nas regiões Sul e Sudeste dentro de três anos, com algumas possibilidades também no Nordeste.
Com comissão sobre resultados, em 2014, a Central de Materiais faturou R$ 2,5 milhões na venda de ativos. Entre os clientes estão Votorantim Cimentos, ALL, Eternit, Belagrícola, BBM Transportes, Fertipar, Terminal de Contêineres de Paranaguá e Construtora Triunfo. Como exemplo dos produtos comercializados estão materiais ferroviários e industriais obsoletos ou desgastados, máquinas que necessitam ser desmobilizadas ao final de obras, como escavadeiras, tratores e caminhões, que gerariam altos custos logísticos para serem realocadas, veículos em desuso e resíduos de ferro, plástico e papelão.
A solução é completa porque libera espaço no pátio das empresas, evita depreciação dos equipamentos, a compra é realizada à vista e em curto prazo de negociação, o transporte é responsabilidade do comprador, além da grande vantagem para o meio ambiente, incentivando a sustentabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário